<

Arranca-me esta pele já sem viço

Devolve-me os teus sonhos de partida

De linhas e trilhos sem destino

 

Estou pronta para embarcar nesta

via de mão dupla

Com a coragem

que de ti salta

 

Sou eu tu mesma

E por que me buscas agora?

Abrigaste o teu tempo

E teus sonhos continuam de partida

 

És capaz mais do que eu

Que aqui me encontro costurando fronteiras

Gostaria de ser como tu

nua de todas as folhas

que numa primavera te cobriram.

 

 

Precisei esbanjar meu tronco

e deixá-lo desprender-se das folhas

Mas aqui estou

Arraigada

Raízes profundas

Impressões de cada tempo

Volúpia de todo desejo

de todo sangue que de mim

escorreu.

 

Se me banho com estas cores que te coloriram

Me encontro em ti.

E chegarei ao momento de me despir e deixar à mostra minhas raízes

 

Sou eu tua dança

dança

Tua voz

voz

teu corpo

corpo

tua carne

carne

teu tempo

tempo

Teu Pretérito-presente

Presente

 performance 
 pretérito  presente 

Performance realizada para a exposição Pretérito Presente da artista visual Carolina Amorim. Espaço Zebra Hostel, Rio de Janeiro, 2014

 

 

Direção e Texto: Mariana Moraes

Criação: Mariana Moraes, Carolina Amorim, Berenice Xavier e Mariana Quintão

Interpretação e performance:

Berenice Xavier e Mariana Quintão

Vídeo, Imagens e Edição: Manu Campos